Muitas dúvidas e um pouco de revolta

by - quarta-feira, julho 06, 2011


Olá, como estão? Hoje, logo pela manhã resolvi que ocuparia meu dia com coisas úteis, ao invés de ficar morcegando pela casa. E como tenho conversado com a minha mãe sobre mudar de faculdade comecei a procurar algumas outras pelo país. Bem, estou no terceiro período do Bacharelado Interdisciplinar em Artes e Design da UFJF e estou extremamente insatisfeita com o curso. Há algumas semanas venho amadurecendo a ideia de me especializar em Artes Visuais e trabalhar como ilustradora ou qualquer coisa do tipo e me dei conta de que o jamais vou alcançar um nível aceitável se depender da grade do curso.

Inicialmente o curso era chamado de Educação Artística e a grade contava, dentre outras matérias, com a seguinte grade: Composição I e II, Desenho Artístico I e II, Ceramica I e II, Fundamentos do Desenho Projetivo, Técnica de Expressão de I a IV, Escultura I a III, Gravura I e II, Anatomia Artística, Pintura I a III. Essas são apenas algumas matérias do curso antigo. Agora adivinhem quantas dessas matérias permaneceram no curso? Nenhuma delas... Agora a formação básica conta com Desenho e meios de expressão I e II, Pintura I e II. As matérias de escultura e gravura viraram Atelie de Gravura e Escultura, ou seja, matérias que eram divididas entre 2 a 4 períodos agora são dadas em 1 período apenas. Preciso explicar o que eles fizeram pra dar tanto conteúdo em tão pouco tempo? Sem contar que os professores especializados em determinada matéria estão em falta; É professor da Arquitetura dando aula de desenho geométrico, estudos da cor, psicologia da percepção e fotografia, tudo ao mesmo tempo; Professor de Sociologia dando aula de Moda...

Enfim, não sei nem como expressar o meu descontentamento com essa universidade. Não só temos problemas com relação à falta de professores e matérias decentes, como também somos a escória dos cursos de graduação. O curso de Engenharia Ambiental acaba de ganhar um novo prédio realmente bem estruturado e funcional, construído em menos de um ano, exatamente ao lado do nosso, enquanto que o curso de artes necessita de um prédio para música e um galpão pra moda, projetos que deveriam estar terminados na metade desse ano, mas que não tem nem data para começar. Sem contar na falta de infraestrutura do nosso próprio prédio. Sabe-se lá quem desenhou aquela coisa, e que empresa foi a encarregada de colocá-lo em pé. Não temos sequer um anfiteatro, construíram nossa sala de fotografia com janelas (wtf minha gente, sala de revelação com janela não rola ne?)... 

Enfim, esses são os motivos pelos quais quero sair desse inferno chamado Bacharelado Interdisciplinar em Artes e Design. Seguindo minhas pesquisas, ainda superficiais, achei duas faculdades que não são tão distantes daqui e tem uma grade curricular interessante, a USP e a UFMG. Realmente não sei se devo levar isso a diante, já que problemas toda faculdade tem, mas as vezes realmente vale a pena... Morar sozinha em outro estado as vezes parece ser meio assustador também, preciso amadurecer essas idéias...

Enquanto a hora de tomar uma decisão não chega vou me esforçar no japonês e tentar uma bolsa pro Japão no início do ano que vem. A prova de proficiência é no final desse ano, e se tudo correr bem vou ter alguma chance de concorrer à bolsa (≧∪≦) 

Acho que é isso... Um texto longo sobre coisas que ninguém que saber, gomen  >_<。

You May Also Like

8 comments

  1. Olá Querida!
    Acho apenas eu entendo você perfeitamente...Pelo simples fato de também estar muito revoltada com o nosso curso...
    Também estou cansada de ver como alguns cursos são privilegiados na UFJF..como Engenharia e Direito (esse ultimo, nã aprovou praticamente ninguém na prova da OAB...Será que o esforço que o nosso querido ritor tem por eles está sendo retribuido por eles?)...
    É triste ver apenas alguns professores qualificados o suficiente para nos dar aula,e ainda mais depois da ultima, de tornar o curso de moda teórico..
    Já dei a minha opinião em alto e bom som dos corredores do IAD...'Se não tem infra instrutura para implantar um curso, não tem professores competentes para isso, não instala o curso..acho que ganhariamos muito mais se ainda fosse Educação Artística."


    Ach que voc~e deveria dar uma olhada nas grades dos cursos de artes da UFPR e da FAP...você iria ficar encantada..e não seria necessário fazer tanta matéria inutil igual no BIAD...


    Beijos queria..
    Senti sua falta essa semana na faculdade!

    ResponderExcluir
  2. Ô meu bem, tbm senti sua falta, quero nem ver quando vc se mudar T_T Mas é tenso.... nosso curso está caótico u_u

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Que bagunça que fizeram com seu curso! Mas na verdade existe muito dessa indiferença mesmo na faculdade, ne, infelizmente. Nee, o que você pode tentar fazer é pedir transferência para as faculdades que você disse.
    Nee, você faz curso de japonês ou estuda por conta? Também quero muito uma bolsa no Japão mas vou esperar um pouquinho pra tentar.
    Obrigada por seguir o blog!

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Fico feliz por ter ouvido Kanon Wakeshima pela primeira vez no meu blog e ter gostado! Eu queria trazer novidades e tive um pouco de medo de ter um blog sem graça por não conseguir.
    Concordo com você, o jeito que ela toca é bem expressivo, especialmente por ela não se limitar a sentar e quando ela senta ainda assim ela não fica estática como alguns violoncelistas de orquestras. Fico muito feliz por seu comentário, volte sempre!

    ResponderExcluir
  5. "Direito (esse ultimo, nã aprovou praticamente ninguém na prova da OAB"

    Foi o segundo curso no Brasil que mais aprovou, depois da UNB, estando na frente até da USP. Pesquise antes de falar.

    ResponderExcluir
  6. Você esqueceu o detalhe, para construir o prédio da AMBIENTAL, eles derrubaram um monte de arvoré! ;D haha Eu faço Ciências Exatas lá e bem sei que o povo puxa sardinha para os cursos mais "importantes"... Os nossos queridos professores adoram falar que a média das turmas de Engenharia são melhores que as nossas... Bom para eles! :D E antes de mudar olhe bem isso, morar fora requer cabeça e dinheiro >< Você pode também tentar especializações depois na gringa... Assim que a gente formar vamos para o USA 8D Que tal?

    ResponderExcluir
  7. Todo curso tem problemas desse tipo. Acho que você não deveria parar, estude por fora o que acha que falta no curso se necessário. Pode não parecer, mas lá na frente esse tempo já gasto fará falta.

    Se tiver tãããão ruim assim, aí tudo bem, mas sei não hein...Às vezes tenho a impressão que independente do curso e faculdade, algumas reclamações são sempre as mesmas, tipo essa de “matérias inúteis” , “um professor de matéria X dar Y” e “professor fulano sabe para ele, não sabe ensinar”. Corre o risco de você mudar e não melhorar tanto assim u.u’’

    ResponderExcluir
  8. Oieee ^^
    Então muié eu acho que vc não deveria parar...mas se tiver realmente horrivel la e vc ter certeza do que vai fazer depois vc pode parar.Mas ai fica ao seu critério ^^
    Ah curiosidade você faz curso de japonês ou estuda por conta própria? Eu pegava as apostilas do Kumon do meu amigo pra estudar x3

    Ah obrigada por me desejar boa sorte ^^

    kissu <333

    ResponderExcluir