Planos, vontade própria e ambição

by - sábado, fevereiro 06, 2010

As vezes me deparo com umas coisas estranhas. Eu nunca fui do tipo de pessoa muito tolerante quando o assunto é ignorância, muito menos se está relacionada com meus planos para o futuro. Não tenho um sonho mirabolante, ou algo estritamente concreto, mas já tenho um plano de vida que desejo seguir; se algo me impede de fazê-lo eu definitivamente não fico parada esperando o que mais pode acontecer. Como algumas pessoas sabem estou tentando Artes e Design na Faculdade Federal de Juiz de Fora e pretendo Comunicaçao Social e Jornalismo logo depois. Meu sonho é ir para o Japão, e ter uma carreira lá, basicamente é isso. Não vou viver pra sempre na cidade em que nasci, queiram meus pais ou não. Não há quem tire isso da minha cabeça e pronto. Mas infelizmente conheço pessoas que não são tão obstinadas assim... Não que eu seja a pessoa mais ambiciosa do mundo, mas ter seus sonhos e lutar para que eles se realizem não é pecado. Pra ser mais exata (um exemplo), conheço uma pessoa que gostaria de entrar numas aulas de inglês, já que não sabe nada da língua. Eu apoiei, afinal, é quase a segunda lingua de um brasileiro. Quase todas as músicas que ouvimos na rádio sáo em inglês, os filmes que vemos, até os outdors (ó, inglês de novo). Perguntei o que a impedia de entrar no curso, ela disse que a mãe não queria porque provavelmente ela sairia da cidade depois.

Mas e a carreira dela? E o conhecimento dela? É aí que eu fico puta. Chega numa idade que você começa a perceber o que é bom pra você e o que não é. Se não temos noçào do que realmente queremos, já temos idéia do que não queremos. Mas se não tiver força de vontade e coragem pra levar isso tudo pra frente... É uma pena, mas ninguém mais fará isso por você. Algumas pessoas simplesmente se acomodam com a situação em que se encontram e deixam aquilo que desejam de lado. O que eu me pergunto é até onde os pais, por exemplo influenciam em todas as escolhas de um filho, e a partir de quando os filhos começam a pensar por conta própria?

You May Also Like

4 comments

  1. Entendo perfeitamente o que você quer dizer!

    Meu sonho é ir para os EUA e trabalhar lá; falo inglês fluente, mas minha mãe é totalmente contra eu ir. Ninguém da minha família apóia, só meu noivo, que também tem o mesmo sonho, mesmo antes de ficarmos juntos..

    Só que eu não quero ficar num país onde o pão e circo são sufientes, e "enquanto tiver dinheiro pra cerveja e pro churraco tá tudo 'bão'", você me entende?

    É exatamente isso, não é ambição, só queremos evoluir, sermos pessoas melhores e correr atrás do que nos deixa feliz.

    Essa pessoa que você conhece do curso de inglês tem uma mãe totalmente egoísta, que deve ter é medo de ficar sozinha se o(a) filho(a) sair da cidade.

    O problema é que muitos pais descontam suas frustações nos filhos :(

    Te apóio 100%!

    bjss :*

    ResponderExcluir
  2. Ma oe?! Como assim?!
    Que absuuuuurdo!
    Esses pais cabeça dura me tiram extremamente do sério! u__ú
    Gente, eles ainda não sabem que eles criam filhos para o mundo?
    PQP!
    Indignei u_ú
    Ainda bem que minha mãe não é assim... Se não ela estava lascada 8D
    hauhuauhauauhua

    ResponderExcluir
  3. Hum, eu também fico P* com essas coisas Paula. Meus pais nunca deixaram eu fazer um curso de inglês porque achavam que era perda de tempo. Mas é o meu sonho, não é? Não o deles. E eu precisarei disso no meu futuro. Pelo menos eu consegui chutar o balde em relação à faculdade. Meus pais não queriam que eu prestasse para Artes Visuais - Design Gráfico (também achavam uma perda de tempo), acabei fazendo a inscrição escondido e ai só fui falar para o qual curso era quando estava tudo pronto e sem chances de voltar atrás. Eu não quero passar nem perto da engenharia, como os meus pais queriam. Sei que os meus pais querem o melhor para mim, mas PÔ! Será que eu não tenho que tomar minhas próprias atitudes?, se arriscar?, quebrar a cara? Posso me ferrar, mas saberei que serão erros meus e ficarei feliz porque eu pelo menos eu tentei algo que eu queria.
    Muito bom o seu post, e obrigada pelos parabéns. Por falar em vestibular, e o seu resultado? Já saiu? ;D

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  4. Olá Paula!
    Obrigada pela visita..Logo q entrei aqui já me senti em casa...AMO MANGÁ NANA! Vc nao tem noção do qto amo! I need your love, i'm a broken rose...já estou até com a música na cabeça...ai ai...mas mudando de assunto...Eu espero q vc realize todas as metas q vc traçou pra vc..Vai para o Japao sim! Um dia quero conhecer o Japao! AMO!

    Vc pode, vc consegue.Nada vai impedir pq nada é impossível...Lute e vença!

    ResponderExcluir